História

Nós, Irmãs Oblatas do Santíssimo Redentor, somos um grupo de mulheres chamadas, convocadas e enviadas a viver em comunidade, o seguimento de Jesus, sendo Boa Notícia do Reino para as mulheres que exercem prostituição e/ou no enfrentamento na luta
pelas que são vítimas do tráfico para fins de exploração sexual.

Nosso ser de Oblatas faz com que comprometamos nossas vidas em favor da igualdade, da justiça, da libertação e da vida.

Este apaixonante projeto, iniciado por nossos Fundadores, José Maria Benito Serra e  Antonia Maria da Misericórdia , desenvolve-se em Missão compartilhada com toda a “Família Oblata” dando lugar, desde as diferentes formas de colaboração, olhares, experiências vitais e perfis profissionais, a respostas criativas e audazes.

Atualmente estamos presentes em 15 países.

Linha do Tempo

1962

Aprovação das virtudes da Fundadora onde é declarada “Venerável Madre Antônia Maria da Misericórdia”.

1931

Chegam as Irmãs Oblatas a América e se expandem em novas fundações em diferentes países.

1881

Decreto de Louvor à Congregação das Irmãs Oblatas do Santíssimo Redentor: “Isto não é só uma obra de caridade, é uma obra de redenção” (Papa Leão XIII).

1870

Nasce a Congregação das Irmãs Oblatas do Santíssimo Redentor.

1864

Em Ciempozuelos, Espanha, Madre Antonia e Padre Serra, abrem a primeira casa de acolhida para receber as mulheres que desejavam sair da prostituição.